Notícia

TJGO: juíza determina que pais entreguem pertences pessoais de filhos acolhidos pelo Conselho Tutelar

06 de Agosto de 2018
TJGO: juíza determina que pais entreguem pertences pessoais de filhos acolhidos pelo Conselho Tutelar

A juíza Célia Regina Lara, do Juizado da Infância e Juventude de Luziânia, determinou a expedição de Mandado de Busca e Apreensão dos pertences pessoais e documentos de três crianças que sofriam maus tratos por parte dos pais e que foram acolhidos pelos Conselheiros Titulares do Jardim Ingá, nesta quinta-feira (2).

Em razão de denúncias de grave situação de risco e vulnerabilidade, as três crianças, com idade entre 6 e 11 anos, foram acolhidas institucionalmente. Contudo, no momento do acolhimento, os familiares se recusaram a entregar os pertences pessoais, documentos e os medicamentos de uma delas, que é portadora de Diabetes Tipo I.

Por causa dos maus tratos sofridos, da situação de abandono e da ausência dos medicamentos, o estado de saúde da criança, que já estava internada na UTI no mês de junho, piorou e ela teve que ser internada novamente nesta sexta-feira (3), na Unidade de Pronto Atendimento de Luziânia.

Dessa forma, foi expedido o Mandado de Busca e Apreensão, “o qual foi devidamente cumprido, com o auxílio de força policial, sendo recolhidos pela oficial de Justiça do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás os pertences pessoais, materiais escolares e documentos das crianças, bem como os medicamentos da criança I.P.S., que foi devidamente medicada e aguarda estabilização do quadro”, informou a magistrada. (Texto: Gustavo Paiva - Centro de Comunicação Social do TJGO)

Link da Notícia: http://www.tjgo.jus.br/index.php/home/imprensa/noticias/119-tribunal/18348-juiza-determina-que-pais-entre
guem-pertences-pessoais-de-filhos-acolhidos-pelo-conselho-tutelar-de-luziania

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado de Goiás - TJGO
Data da Notícia: 06/08/2018